domingo, 13 de abril de 2014

Treino 30K Zona Norte (Paulista > Tucuruvi > Barra Funda)

Esse treino foi bem diferente. Precisava sair dos lugares batidos para treino em SP. Foi aí que pensei em ir até a última estação da Zona Norte.
Saí da paulista, próximo à alameda Santos. Seguindo em direção Júlio de Mesquita Filho. Dei uma bela escorregada em um ponto muito filho da mãe (aí eu entendi o porque das muretas de concreto nessa descida). Fechei o primeiro KM na Rua Itapeva.

Dae vc manja aqueles lugares que você nunca imaginaria que iria encontrar naquele pedaço da cidade? Então, essa foi a minha sensação quando descobri a rua Veloso Guerra:
Vista da Rua Veloso Guerra - Corrida de Rua - São Paulo
Subidinha maneira, com arquitetura do início do século XX

Vista da Rua Veloso Guerra - Corrida de Rua - São Paulo

Manja aqueles vilarejos europeus do início do século XX? Então, passe pela Veloso Guerra e sinta essa sensação. Vai parecer que você está em outro lugar. Passei tranquilamente por lá e observei os contornos diferenciados do restante da região. De lá fui para a conselheiro carrão e segui rumo à ZN passando pelo Viaduto Nove de Julho, Jacareí até chegar no viaduto do Chá. Era dia de corrida de bike (Corrida Profissa), mas eu não registrei nada, tava afim de correr mesmo. O máximo que fiz foram duas fotos da cidade vazia na região central:

Ruas de São Paulo - Corrida de Rua

Passando pela 25 de Março numa manhã de domingo: Em nada se parece com aquele região caracterizada pelo fluxo e movimento. 6ºKM na rua das noivas sentido Av. Tiradentes: Lá estava eu:

Estação da Luz - Corrida de Rua


Um bom trecho percorrido pela Avenida Tiradentes, e no Cruzamento com a Avenida do Estado eu já estava no 8ºKM. Tudo tranquilo até o momento. O tempo frio, com a chuva durante a madrugada ajudou no clima e o pace segue firme e forte. Na Pedro Vicente entrei para a Av. Cruzeiro do Sul, cenário dos artistas de rua, que estampam seus painéis sobre os pilares do metrô da ZN:

Trabalho da Artista Chivitz Minhau - Corrida de Rua
Trabalho da Artista Chivitz Minhau

Street Art - Corrida de Rua

Claro que antes de chegar aqui tive que correr próximo a muitos viciados em Crack, mendigos e garotos de rua, que às 8 da matina procuravam algo para comer ou para fumar. Muitos imigrantes e emigrantes nos pontos de ônibus próximo à estação Armênia/Tietê, trocando mercadorias ou trazendo/levando os familiares para algum lugar.
Aqui já estava pelos 10/11km (próximo ao parque da Juventude), então segui direto até
a Rua Conselheiro Saraiva, onde segui pela Voluntários da Pátria e encontrei lá na frente um casal de idosos que estavam indo buscar pão ou caminhar. Como estava correndo e não tava com paciência de fazer um search no Google Maps, perguntei a eles se lá pra frente ainda tinha estação de metrô. A resposta foi positiva,e segui em frente. No 12º eu já estava na Rua Doutor Artur Guimarães quando um corredor veio na direção contrária e cumprimentou. São detalhes que você não vê como motoristas de carro, passageiros dentro de um ônibus, etc. Essa cumplicidade é muito mais explícita na corrida.
E lá estava eu no Alto de Santana, descendo a nova cantareira e depois a Leôncio de Magalhães. Parei em uma vendinha, daquelas bem antigas e comprei um isotônico pra tomar no 14ºKM, afinal pra fazer mais de 15 tem que ter a mínima estrutura para hidratação. Não precisa andar com a cintura cheia de garrafa d'água, só uns trocados ou cartão no bolso e já eras.
Quando vi, já estava na Dumont Villares, que eu reconheci porque fiz a corrida do SESC há uns anos atrás denominada Ruas de Santana.
Até fechar a rua, eu já estava no 17ºKM, preparando agora para voltar. E como é que eu iria voltar se eu nem era local da ZN? Mal conhecia e região e talz, mas pelo Google Maps a gente não se perde, não é vdd? Então peguei a Av. Tucuruvi e voltei. Até chegar lá, entrei em umas ruas com umas paradas estranhas e tal mas não tive problema (Apesar de usar um puta tênis amarelão da Asics). Tinha feira perto de um Extra e então tinha muito movimento. Peguei a avenida principal e corri até bater próximo ao horto florestal. Vi pelo mapa que pra chegar inteiro do treino não rolava entrar lá pra estender o percurso. Fica para uma próxima.

Trabalho da @Anakznlover - Corrida de Rua
Trabalho da @Anakznlover - Corrida de Rua

Trabalho da Artista Chivitz Minhau próximo à estação de Metrô Tucuruvi - Corrida de Rua

Já voltando da ZN, estava descendo a Av. Água Fria, o que é recompensador depois de 21k. Mas ainda não estava no fim, né? Deixei o Carro na Paulista, pra chegar lá ainda faltava um bocado de passo, rs.

Av. Água Fria - Corrida de Rua

Daí encontrei a pista maneira na Av. Engenheiro Caetano Álvares, com muita gente treinando, caminhando ou descansando pelo trecho. Foram quase 8km's só nessa Avenida (entrei nela com 22 e saí no 28km do meu treino:
Avenida Engenheiro Caetano Álvares - Imirim - Corrida de Rua
Véi, na boa: Como eu ia saber que essa avenida tem essa extensão toda? Dá pra fazer uma prova de domingo nela!

Quando terminei a avenida, estava de cara com a Marginal Tietê. Como toda pessoa sã e consciente que está (e quer) permanecer viva, eu não ia atravessas a Marginal correndo, né? Então procurei o viaduto mais próximo (A.K.A. Ponte do Limão). Atravessando-a já estava pelas imediações da Barra Funda, aos 29KM's do segundo tempo. Senti que para não ferrar o corpo, e dada a frequência dos meus treinos, era melhor parar por ali. Então fechei os 30KM's no Viaduto Antártica, próximo da estação Barra Funda do metrô (beeeem, não tão próximo assim). Fechei o tempo do App na ponte e segui para a estação, pra pegar o metrô e pegar o carango que deixei na Paulista. Dever cumprido, trecho finalizado e mais um rolê pela cidade realizado com sucesso!
Como o primeiro semestre desse ano tá muito apertado, não consigo fazer um treino desse todo fim de semana, mas se tudo der certo o segundo semestre vai ser muito mais #30KNaVeia!

A Vida - Corrida de Rua


Até a próxima!

Um comentário:

Anônimo disse...

Show treinar assim sem rumo!!!
Só uma informação, mas se tivesse entrado no Horto teria respirado um pouco de "verde" antes de encarar a poluição da Engenheiro... talvez vale a pena conhecer em uma próxima...