sábado, 6 de abril de 2013

Caminhar faz tão bem à saúde quanto correr

Eu e Dona Maria fazendo uma caminhada no Parque ecológico do Tietê, em 2012

Desculpem os atletas que adoram afirmar que correm a 4:30, 4:00, 2:30 ou 0:59 minutos por KM, mas um estudo americano publicado no periódico da Associação Americana do Coração comprova que tanto a corrida quanto a caminhada promovem o mesmo benefício (claro que em quantidades diferentes), mas a caminhada, que tanta gente desdenha, também propicia o mesmo bem estar aos praticantes.

Qual atividade física, entre a caminhada e a corrida, é melhor para o coração? Apesar de possuírem intensidades diferentes, os dois exercícios trazem os mesmos benefícios à saúde. E estudo foi realizado com mais de 45.000 pessoas. A pesquisa revelou que andar, assim como correr, é eficaz em diminuir o risco de hipertensão, diabetes e doença coronariana.

Caminhada com a mamãe, mesmo com chuva

"Os dois exercícios envolvem os mesmos grupos musculares", diz Paul Williams, pesquisador do Laboratório Nacional de Berkeley, da Universidade da Califórnia. Os participantes (grande parte na faixa dos 40), foram monitorados durante seis anos, e os pesquisadores avaliaram a saúde deles em relação a níveis de colesterol no sangue, pressão arterial e diabetes.
Bom para o coração — Os resultados do estudo também mostraram que, em comparação com ser sedentário, correr diminui o risco de hipertensão em 4,2%, enquanto caminhar diminui essa chance em 7,2% (Quase o dobro). Além disso, o risco de uma pessoa apresentar colesterol alto diminui em 4,3% se ela passar a correr e em 7% se ela começar caminhar. Ainda de acordo com a pesquisa, correr diminui o risco de diabetes e doença coronariana em 12,1% e 4,5%, respectivamente — caminhar, por outro lado, reduz essas chances em 12,3% e 9,3%. Você pode imaginar que a caminhada propicia uma melhora maior que a corrida justamente porque os praticantes de corrida já de um histórico de prática saudável, enquanto os que iniciam a caminhada diversas vezes são pessoas sedentárias.

Eu e Vanessa no Parque do Carmo - Caminhada Clínicas Olímpicas

Os resultados são positivos. Grande parte da população ainda não tem preparo físico para iniciar a corrida e em muitos indivíduos, a caminhada é uma opção mais viável de atividade física. "As pessoas estão sempre procurando alguma desculpa para não se exercitar, mas agora elas sabem que precisam apenas fazer uma escolha simples para que protejam a saúde, que é entre correr ou caminhar", diz o autor.
As Recomendações gringas — Autoridades de saúde, como as americanas, por exemplo, recomendam que adultos de 18 a 64 anos pratiquem ao menos 150 minutos de alguma atividade aeróbica moderada ou intensa por semana. Fora isso, o órgão indica que os adultos também devem fazer musculação duas vezes por semana ou mais. Bem, definitivamente eu não sou adepto da musculação, mas estou procurando chegar nos 150 minutos de atividade física por semana.
Soube disso através da página da Veja no facebook

Nenhum comentário: