sábado, 8 de janeiro de 2011

Assessoria esportiva do grupo Pão de Açúcar inova com inclusão de familiar em seu clube de corridas

 

A assessoria esportiva do Grupo Pão de Açúcar este ano inova com seu programa de esporte: A inclusão de familiares em seu clube de corridas

Uma prática muito comum no Brasil até os dias de hoje são os grupos de corrida empresariais, nos quais os funcionários podem participar dos treinos e realizar provas através da assessoria da empresa em que trabalha. Em toda corrida de rua que vamos vemos clubes e mais clubes participando, com suas tendas e camisetas personalizadas. Isto é benéfico tanto para os atletas, pois têm incentivo em realizar atividades muitas vezes subsidiadas ou bancadas pela própria empresa, quanto para as empresas, que além de contribuírem para o bem-estar do colaborador também expõe sua marca de forma positiva nos eventos com muito mais efetividade que outras formas de anúncio.

Até o presente momento, sabemos que estes clubes empresariais só podiam sem frequentados, obviamente, por funcionários que trabalham na própria empresa, certo? ERRADO!

A Assessoria esportiva do Grupo Pão de Açúcar (GPA Clube) acaba de inovar nesta última semana com o comunicado interno abaixo,

no qual seus colaboradores agora podem incluir os seus familiares em seu clube de corrida. Realizando uma revolução no atual formato de assessoria esportiva vigente até então.

Agora, você que é familiar de algum colaborador do Grupo que pratica atividade física pode desfrutar do suporte esportivo,aconselhamento técnico e participar dos treinos e provas pelo Grupo Pão de Açúcar pagando uma pequena mensalidade para participar do Clube.

Eu já havia sugerido no ano passado este novo formato de assessoria para os coordenadores técnicos, pois em vários treinos levo alguns familiares e eles acabam não se sentindo muito à vontade por apenas eu trabalhar no Grupo, e eles acabam não podendo usufruir dos mesmos recursos que eu utilizo. Desta forma, conseguimos fomentar a atividade física com nossos familiares, fazendo-os entender os benefícios que uma aconselhamento esportivo pode fazer na prática do esporte e contribuir para o crescimento dos corredores de rua em todo o Brasil.

Tomara que este modelo sirva de exemplo para outras empresas a adotarem a inclusão de seus familiares e assim contribuir para o aumento da prática esportiva em nosso país.

E você? O que achou desta iniciativa? Dê sua opinião nos comentários

Nenhum comentário: