domingo, 27 de dezembro de 2009

Últimas informações sobre a São Silvestre

 

Faltam apenas 4 dias para a mais famosa corrida do Brasil: A corrida de São Silvestre.

Às 16:47 dá-se início aos 15KM finais de 2009. Para quem não mora em São Paulo ou mora e não conhece a cidade por inteiro, é uma ótima oportunidade de conhecer os principais pontos turísticos do centro da cidade. Só para se ter uma idéia, a Largada da São Silvestre é dada em frente ao MASP, Passando em seguida pelo cemitério da consolação, praça da república, elevado costa e silva, Memorial da América Latina, Largo do Paissandu, viaduto do Chá, Teatro Municipal e Avenida Paulista.

A Edição deste ano contará com corredores de todos os estados da federação, além de corredores do Paraguai, Chile e Argentina. No site da prova, a informação é que 21.000 pessoas participarão da prova.

A prova deste ano terá os seguintes horários de largada: 15 horas - cadeirantes e handcycle (masculino e feminino); 15h05 - outras categorias de atletas com deficiência; 16h30 - elite feminina; e 16h47 - elite masculina e demais categorias. O percurso é o mesmo das últimas temporadas, com total de 15 quilômetros. A largada será dada em frente ao Masp (Avenida Paulista, 1578) e a chegada ocorrerá em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero (Avenida Paulista, 900).

Os kits, compostos de camiseta da competição, do manual do atleta e do número de peito, além do chip, serão entregues a partir deste domingo, prosseguindo nesta segunda e terça-feira, das 9 às 19 horas, e quarta-feira, das 9 às 17 horas. ATENÇÃO: O material não será entregue no dia da prova. Portanto, aproveite que a partir de hoje (Como fui informado pelo Blog do Fortes) a retirada do Kit está autorizada para se programar com antecedência para a corrida, pois com certeza deixar tudo para a última hora não é uma boa idéia.

Novamente neste ano a largada terá organização por ritmo, conforme a organização da prova informa:

Pelo terceiro ano consecutivo, a São Silvestre oferecerá aos corredores uma facilidade importante no momento da largada. O Comitê Organizador indicará áreas de tempo conforme o ritmo de prova de cada atleta. Serão oito áreas no total com tempos de referência, que vão de quem corre 4min30 ou menos por quilômetro e indo até quem tem ritmo de oito minutos ou mais por quilômetro.

O objetivo é tornar a largada a mais tranquila possível, facilitar a fluência dos corredores e, enfim, aumentar o conforto dos participantes. O tiro de partida será dado em frente ao MASP, na Avenida Paulista, 1.578. As áreas de largada não devem ser encaradas como uma imposição, mas apenas como uma sugestão de bom senso.

A organização definiu oito áreas com marcadores de ritmo (minutos por quilômetro): 4min30 ou menos, 5min, 5min30, 6min, 6min30, 7min, 7min30 e 8min ou mais.

O Percurso:

Se você está participando pela primeira vez da prova, deve ouvir todo tipo de comentário sobre ela. Sinceramente não é uma prova difícil, basta apenas que você aplique os seus conceitos dos treinos diários e longões realizados para que finalize a prova tranquilamente.

Um detalhe importante é a largada: Como há 21.000 pessoas iniciando a prova com você, o tumulto é imenso. Mas não caia na pegadinha de iniciar forte achando que vai se livrar da multidão alguns KM´s a frente. Na verdade, você vai correr rodeado de pessoas. Portanto, faça o ritmo que você sempre está acostumado e corra na boa, até porque os Quilômetros finais são os que mais exigem da sua capacidade física e musculatura:

percurso2

Como os quilômetros iniciais são de descida, você vai sentir uma tremenda vontade de melhorar seu ritmo logo no inicio. Não caia nessa: Faça o seu ritmo normal, pois após a consolação você entrará em uma reta e chegará a Elevado Costa e Silva. Pode parecer reto, mas esta parte do percurso é ligeiramente elevado, e próximo ao final da prova, você enfrentará as subidas, como a do largo São Francisco e a temida subida da Brigadeiro Luiz Antônio. Para que você possa se localizar melhor, dê uma olhada na marcação dos KM´s através das Ruas/Avenidas:

Clipboard02

Um pouco de história:

Sobre Cásper Líbero:

casper1O jornalista Cásper Líbero, o criador de um grupo de comunicação pioneiro e arrojado no país, era natural de Bragança Paulista, Interior de São Paulo, onde nasceu em 2 de março de 1889, Cásper estudou na tradicional Faculdade de Direito do Largo São Francisco, tendo se formado na turma de 1909.

Logo após a sua formatura, Cásper em parceria com Olegário Mariano, Raul Pederneiras, Luiz Peixoto e J. Carlos fundou o jornal "Última Hora", em 1911. Dois anos depois, inaugurou a primeira agência de notícias brasileira, a Agência Americana. Em seguida, ingressou na redação de "O Estado de S. Paulo", tornando-se diretor da sucursal do jornal paulista no Rio de Janeiro, então Capital Federal.
O jornalista também ocupou cargos públicos, sendo procurador da Fazenda Nacional, em Mato Grosso. A experiência, no entanto, durou pouco tempo. Ele acabou abrindo mão do posto para assumir, em 1918, A Gazeta, que se tornou um dos mais importantes e respeitados órgãos de imprensa de São Paulo em sua época. Com ousada visão editorial e de marketing, Cásper criou no vespertino uma série de cadernos especializados. O suplemento A Gazeta Esportiva nasceu em 1928, como semanário.
Um apaixonado pelo esporte, Cásper atuou na direção de A Gazeta Esportiva, promovendo eventos esportivos importantes, como a "Prova Ciclística 9 de Julho" e a "Corrida de São Silvestre", uma das competições de pedestres mais famosas do mundo. Outras provas também fizeram sucesso, como a Travessia de São Paulo a Nado, disputada no rio Tietê, o torneio de futebol de várzea Cidade de São Paulo e os Jogos Universitários Brasileiros.
Na manhã do dia 27 de agosto de 1943, Cásper morreu, aos 54 anos, em um acidente aéreo. O avião da Vasp tentava aterrissar no aeroporto Santos Dumont sob densa cerração, mas se chocou com uma torre da Escola Naval. Após sua morte, o jornalista legou a São Paulo a Fundação Casper Libero, englobando o jornal, rádio e TV Gazeta, fundada em 1970. Mais recentemente, a instituição passou a integrar a rede da Internet.
Em seu testamento, Cásper determinou a criação de uma escola de jornalismo, a Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, a primeira da América Latina a formar profissionais na área com a experiência adquirida pelo mestre da Comunicação.

Sobre a Prova

(Trecho retirado da Wikipédia, com seus links preservados):

O jornalista Cásper Líbero, um milionário que fez fortuna no início do século XX no setor de imprensa, é o idealizador e fundador do evento. Sua idéia original era utilizar a corrida como meio de promoção de seu jornal. Em 1928, ano da quarta edição do evento, Líbero fundou um dos primeiros periódicos dedicados exclusivamente ao esporte no país, a Gazeta Esportiva, que a partir de então passou a ser a organizadora e patrocinadora oficial do evento, condição que detém até os dias atuais. A corrida tornar-se-ia o principal meio de publicidade daquela publicação esportiva.

A primeira edição da corrida foi realizada em 31 de dezembro de 1925. Dado importante é o fato de que, ao contrário de outros eventos desportivos tão ou mais antigos, a Corrida de São Silvestre nunca deixou de realizar-se, nem mesmo durante a Segunda Guerra Mundial.

Originalmente restrita a homens, o regulamento original da competição também previa a participação exclusiva de cidadãos da cidade de São Paulo. Nos anos seguintes, corredores de outras partes do país foram aceitos ao evento, mas somente em 1941 a corrida seria vencida por um corredor de fora do estado de São Paulo: José Tibúrcio dos Santos, de Minas Gerais. Nesta época, a participação de estrangeiros era proibida. É preciso salientar que a regra bania a vinda de atletas estrangeiros para participar, mas não impedia que estrangeiros residentes na cidade de São Paulo (imigrantes) participassem. Nesse contexto, um italiano, Heitor Blasi, foi o único estrangeiro a vencer a prova antes de 1947.

Em 1945 foi liberada a participação de estrangeiros, mas apenas para corredores convidados provenientes de outros países da América do Sul. O sucesso das duas primeiras edições internacionais, no entanto, levou os organizadores a liberarem a participação de corredores de todo o mundo a partir de 1947. Este ano marcou o início de período de 34 anos durante o qual nenhum brasileiro venceria a prova, o que se encerrou somente quando José João da Silva, de Pernambuco, venceu a edição de 1980 (feito que repetiria em 1985).

A corrida permaneceria restrita a homens até 1975, quando as Nações Unidas declararam aquele ano como o Ano Internacional da Mulher. Os organizadores da São Silvestre aproveitaram o momento para realizar a primeira corrida feminina no mesmo ano. O evento feminino começou já com livre participação internacional, e a primeira vitória brasileira ocorreria somente na 20ª edição da prova, quando Carmem Oliveira venceu, em 1995.

Em 1993, realizou-se a primeira maratona infantil, para crianças de ambos os sexos, denominada “São Silvestrinha”.

Até 1988, a corrida era realizada à noite, geralmente iniciando-se às 23:30, de forma que os primeiros classificados cruzavam a linha de chegada por volta da meia-noite, mas o ano de 1989 foi marcado por sensíveis modificações no formato do evento. O objetivo era cumprir as determinações da Federação de Atletismo. O horário de início da corrida foi alterado, passando às 15 horas para mulheres e às 17 horas para homens; e a distância a ser percorrida, que variava quase que anualmente (geralmente entre 6,5 e 8,8 km) foi definitivamente fixada em 15 km, o mínimo exigido pela Federação de Atletismo. Naquele mesmo ano de 1989, a São Silvestre foi oficialmente reconhecida e incluída no calendário internacional da Federação.

Quer ver o percurso?

Se você acha que figuras ou palavras não são suficientes para conferir o percurso, dê uma olhada no ótimo vídeo que o portal Webrun fez para quem quer conhecer melhor o percurso da SS logo abaixo:

Vi este vídeo no Blog do Rinaldo

Por fim, desejamos boa sorte a todos os corredores e esperamos encontrar alguns dos amigos nesta prova. Como é o último dia do ano, aconselhamos que vá com o espírito de confraternização, sem preocupações exageradas com o tempo a ser batido. Faça o seu limite, sem exagerar no último dia do ano. Afinal, mais tarde teremos a grande festa da virada do ano. Desejamos a vocês um feliz 2010, com muitas realizações, muitos KM´s a serem perseguidos e uma ótima condição física a vocês todos!

Dica: Você pode conferir as últimas notícias do que está rolando sobre a São Silvestre através do Twitter, utilizando o recurso de busca do Site pela Hashtag #SS.

Nenhum comentário: