quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Considerações Finais sobre 2014

Não foi um ano fácil, principalmente para quem teve grandes desafios na vida profissional. 2014 começou parecendo ser um ótimo ano para para as corridas, com a expectativa de lotar o calendário com provas e mais provas, mas ao longo dos meses a carga de trabalho e à necessidade de inovar profissionalmente tomaram uma boa parte do meu tempo esse ano. Sábados, madrugadas de domingo e domingos trabalhando horas a fio fizeram com que fosse mais difícil manter a minha frequência nos exercícios treinos de fim de semana (e é claro, dos dias de semana também). De cabeça creio que a única prova paga que eu tenha feito esse ano além da prova da Pampulha foi a do aniversário da cidade de São Paulo, em janeiro. A falta de criatividade das organizadoras em São Paulo, os valores abusivos e aquela sensação de fazer o mais do mesmo todo ano me fizeram distanciar mais ainda do mundo comercial da corrida (aquele em que você paga pra correr com os amigos em vias públicas nos fins de semana, e em troca levar uma banana e um isotônico pra casa, não esquecendo do brinde popularmente chamado de medalha). A mercantilização das corridas chegaram a níveis altos, como tudo que se desenvolve ao longo do tempo, onde existe um público que demanda e empresas que possam atender esta necessidade do público. Infelizmente acabei deixando de ver alguns amigos que sempre treinavam comigo pela correria do dia a dia. Mas por outro lado, em julho comecei a fazer academia, algo que estava há cerca de 4 anos como pendência pessoal. Foi a partir daí que voltei a fazer atividades físicas, condicionar me melhor para os treinos e claro melhorar minha qualidade de vida.
Foi então que fechei o ano com a prova da Pampulha, percorrendo 18 quilômetros com a companhia da Adriana.
O ano de 2015 com certeza será mais agitado, como as provas fora de São Paulo em percursos mais criativos, fugindo um pouco daquele padrão que acabou virando as provas de SP. Rio de janeiro e minas deverão ser os principais lugares por onde eu deva fazer provas. Mas claro, não posso deixar de fazer algumas provas bacanas que aparecerem em SP.
Já vou preparar o meu calendário de treinos de semana e fim de semana, o guia de reforço muscular para melhorar o desempenho (academia) e é claro programar umas provas para os próximos meses.
Espero que vocês também tenha um ótimo 2015 cheio de treinos, provas e grandes conquistas.

Pampulha 18K 2014

Depois da última vez de ter feito esta prova, há cerca de quatro anos atrás, volto para a Pampulha, para fazer uma das poucas provas que fiz neste ano. Percurso plano, limpo, com ótima temperatura e toda a organização do passei por conta da Equipe Tavares, a qual eu optei por comprar o pacote para participar da prova.
Eu estava sem treino a alguns meses, mas vinha fazendo musculação com certa frequência e alguns treinos de 6,12k semana sim semana não (pois é, a vida não tá fácil!).
Ainda bem que fui com a minha amiga Adriana, e (como desculpa) fui correr no mesmo pace dela, para irmos juntos pela prova.
Eu não tinha treinado para fazer tempo, logo o que me restou foi passear novamente pela lagoa da pampulha e adminirar a beleza que é a cidade de belo horizonte.
Finalizei em torno de 1 hora e 50 minutos, muito tranquilo e gravando, tirando fotos, etc.
Hj é dia de São Silvestre, mas é claro que eu não estava lá. Não acho uma prova interessante, outras muito melhores virão em 2015.






sexta-feira, 15 de agosto de 2014

10 Apps de corrida para todo o tipo de corredor (Do Iniciante ao Viciado)

Apps para corrida - Corrida de Rua

Rapidinho aqui vou postar sobre um assunto que eu sempre fui precursor: Apps para corrida. Lá em 2009 eu já usava aquele Nokia Sports Tracker simplório percebendo que era muito melhor que qualquer relógio com GPS que custava umas boas dilmas.
Não vou me aprofundar muito na análise, visto que só experimentei 3 dos 10 apps que a matéria do Lifehack publicou, mas estão aí:

Antes de tudo, é importante dizer que um App não substitui um bom médico que pode realmente lhe assegurar se você está apto para a prática de atividades físicas. Lembro que ainda não existe um App no mundo que possa monitorar a sua saúde. Aplicativos para corrida são como lifeloggers: apenas registram fatos de sua vida, como distância, percurso, velocidade e fotos.

1. Running for Weight Loss

2. Nike+ Running

3. Couch to 5K

4. Runtastic Pro

5. RunCracker

6. Zombies, Run!

7.TempoRun

8. Kitestring

9. Strong Runner

10. Endomondo


Dos três acima, utilizei o Nike, Runstastic e o Endomondo. O último é o que utilizo com maior frequência, mas você pode baixá-los e testar o que lhe sirva melhor.

Link para a matéria no Lifehack










sábado, 2 de agosto de 2014

Correr apenas 5 minutos por dia pode adicionar anos à sua vida

Correr apenas 5 minutos por dia pode adicionar anos à sua vida

Um novo estudo em grande escala fornece mais apoio para a ideia de que até mesmo um pouco de exercício intenso pode beneficiá-lo.
O estudo, publicado no Journal of the American College of Cardiology, relacionou a associação entre corrida e risco de mortalidade usando um banco de dados de 55.137 homens e mulheres (entre 18 e 100). Adultos visitaram a Clínica Cooper e Cooper Institute, em Dallas para exames médicos e responderam a questionários de saúde, que incluíam perguntas sobre como eles exercem (por exemplo, se eles correm regularmente e a que distância/velocidade).

Os pesquisadores, 15 anos depois, verificaram os registros de morte dos participantes e descobriram que aqueles que disseram que eram os corredores tinham significativamente menor risco de morte em comparação com os não-corredores.

Segundo um trecho da pesquisa:

Durante um período médio de 15 anos, 3413 de todos os falecimentos, 1.217 mortes ocorreram por causas cardiovasculares. Cerca de 24% dessa população participavam de corridas. Comparado com não-corredores, os corredores tiveram 30% e 45% menos risco de todas as causas e com relação à mortalidade cardiovascular, respectivamente, obtiveram 3 anos a mais na expectativa de vida.
Os pesquisadores atentaram-se para fatores de excesso de peso ou fumo, mas até mesmo fumantes obesos que corriam eram menos propensos a morrer mais cedo do que aqueles que não corriam. 

Ainda mais importante, mesmo correndo em velocidades baixas (com menos de 10 KM por hora) por 5 a 10 minutos por dia também foram associadas com riscos reduzidos de morte prematuras e doenças cardíacas.

Conversando com Timothy Church, do New York Times, que é co-autor do estudo, ele diz que, provavelmente o que mais importa é Não correr para o estudo, mas com relação ao exercício de alta intensidade, ele diz:

Quem nunca correu no passado ou tem problemas de saúde deve, é claro, consultar um médico antes de iniciar um programa de corrida. E se, depois de tentar por um período de cinco minutos você não gostar, troque de atividade. Pular corda, andar de bicicleta, ou escolha qualquer outra atividade que seja extenuante. Cinco minutos de esforço físico por dia pode acrescentar anos à sua vida.


O artigo acadêmico está em http://content.onlinejacc.org/article.aspx?articleID=1891600

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Todo corredor tem uma razão para correr



Alguns correm porque precisam fugir
Outros correm porque querem baixar o tempo
Alguns correm para perder peso
Outros correm para manter o vício (da corrida)
Alguns correm para ganhar likes
Outros correm para tirar fotos
Alguns para saírem nelas
Outros correm por uma causa...

Você se sente satisfeito quando termina um treino e vai tomar um bom banho quando chega em casa? Pois bem, continue aqui na matéria que agora vou te contar uma história bem diferente sobre um corredor de rua...

Seu nome é Ronnie Goodman, que mora em San Francisco, Estados Unidos. Todos os dias pela manhã, Ronnie corre em torno de 8 e 21KM's para manter-se concentrado no que tem que fazer e viver positivamente. Após cada treino ele vai até um Studio, onde procura fazer ao menos 1 trabalho artístico para seus fãs, cuja base cresce a cada dia. Ele tem 53 anos,  e depois de batalhar por uma juventude perdida em drogas e álcool, está reabilitando-se, o que finalmente aconteceu há cerca de cinco anos.

"Eu realmente não estou procurando nada de ninguém - apenas tento manter-me concentrado e apreciar o que é bom na vida", Disse Goodman outro dia enquanto amarrava seu Nike Pegasus para sua corrida diária. "Há muita coisa boa para prestar atenção".

O que você não deve saber até agora é que Ronnie é um sem-teto, passa as noites em um alojamento para sem-tetos sob a rodovia 101, e durante o dia anda com seus pertences pelas ruas de San Francisco, depois dos treinos.

Amigos e conhecedores da causa de Ronnie juntaram seus recursos para pagar a inscrição para a meia-maratona da corrida e também dar-lhe um novo tênis de corrida. O desejo de Ronnie de participar na Maratona de San Francisco chamou a atenção dos organizadores da corrida, e acabaram tornando Ronnie um personagem especial dentro do evento, caracterizando-o como um fundraiser (alguém que tem uma causa sem fins lucrativos para ele próprio) para uma de suas organizações favoritas - Hospitality House, um centro de recursos sem-teto cujo programa de artes da comunidade tem ajudado Goodman a aperfeiçoar sua arte por anos.

A maratona criou uma ação especial: "Corra com Ronnie", no site da corrida para que as pessoas que se inscreverem para a meia maratona possam adicionar $10 para a Hospitality House. Cada doador estará inserido no sorteio de uma pintura que Ronnie está fazendo.

Os organizadores da corrida disseram que eles aprenderam com Ronnie a permanecer dedicado à corrida e arte, apesar de morar nas ruas por dois anos, enquanto ele procura por moradia e trabalho constante com sua arte.

Ronnie disse que está em duas listas de espera para habitação subsidiada e espera movimentar dentro em breve. Ao invés de tomar mais doações para si mesmo, ele está levantando dinheiro para a organização que o ajudou a criar arte durante anos.  "Esta é minha chance de dar a volta para outras pessoas", disse ele. "Isso me faz feliz."

Abaixo, você pode assistir ao vídeo em que Ronnie conta um pouco de sua história e suas razões para correr:

Escrevi abaixo um pouco do que o Ronnie fala no vídeo acima:

"Quando eu corro, eu sinto como se não estivesse aqui
Eu me sinto como se estivesse em qualquer lugar
Eu sinto como se estivesse dentro de mim
É como um momento espiritual quando estou correndo
Dentro deste Ronnie
Durante cerca de duas horas
Eu me sinto livre
Nessas duas horas...
Quando eles me veem, veem como um corredor,
Não como alguém, não como um sem-teto
Nada pode ser pior do que eu passei
Sinto como se estivesse no inferno e retornado umas quatro vezes
Cocaína,Crack,Cocaína,Heroína
Era uma batalha, uma grande e longa batalha
Quando estive na prisão, eu sonhava sobre homens e mulheres, olhando para as estrelas, Sentindo a beleza da vida
Eu quero te mostrar o que eu tive que aprender para entender o curso da vida
Minha corrida me faz encontrar quem eu sou, e me faz sentir em paz
Eu realmente não quero muito, apenas acordar e manter-me saudável, como nessa manhã...
Acho que é o que todos querem..."

"Basta olhar para isso", disse ele, acenando com o braço para tomar a grama aparada, sob um céu azul cristalina. "É lindo. Que dia. Que vida."

Mais informações sobre Ronnie em http://www.ronniegoodman.com/

terça-feira, 8 de julho de 2014

Run The Night 21K 2014

Run The Night 21K 2014 - Corrida de Rua

Essa prova é nova: Nunca fiz uma meia maratona, e ainda mais à noite. Para quem está afim de começar o segundo semestre em grande estilo, taí uma boa prova para ser feita na USP. Dá para encarar o desafio sozinho, nos 21 km, ou formar times com dois ou quatro amigos – que correm 10,5 km e 5,25 km, respectivamente.

Run The Night 21K 2014 - Corrida de Rua
A Run The Night terá duas baias de transição, para os participantes que estão correndo em dupla ou em quarteto, respectivamente. A transição é permitida apenas nessas baias e os atletas que não respeitarem essa sinalização, ou correrem simultaneamente com pessoas da mesma equipe, serão desclassificados.
Os corredores que vão se revezar, seja em dupla ou quarteto  trocarão munhequeiras personalizadas.Quem optou por fazer solo os 21 km, terá o desafio de correr sozinho toda essa distância.

Percurso Run The Night 21K 2014 - Corrida de Rua

Creio que a Lux tinha feito essa prova com o André no ano passado, se não me engano. O percurso é bem conhecido de quem faz prova noturna, USP e blá,blá,blá..

O Design e a temática desse evento me fizeram lembrar de um clip bem bacana do David Guetta:


Quando? 30/08/2014
Onde? USP - Av. Prof. Mello de Moraes, 464.
horário? 19h
Inscrições: http://www.runthenight.com.br/2014/

sábado, 5 de julho de 2014

Maratona da Muralha da China - por André Boccato

O que dizer desse cara que eu não conheço pessoalmente mas já considero pacas? A alguns meses recebi um vídeo da Verônica sobre o feito realizado por mais um louco por corrida: André Boccato.
Assim como nós, que exercemos inúmeras atividades na vida, André Boccato é chef de cozinha e editor de livros de gastronomia. Em 1998 tinha sérios problemas de saúde e

Corrida do Trabalhador 2014

-"Mas Isma, você não tem vergonha na cara de postar sobre uma corrida quase dois meses depois?"
-Não!

Eu tava ocupado com o meu TCC e outras atividades profissionais que tive que criar um vácuo nas postagens entre maio e junho, então aqui estamos de volta à pauta.

Essa corrida na Zona Leste de SP já me acompanha a alguns anos. Sempre convido o meu sobrinho ou a minha amiga, e eles sempre dizem: "Meu, tá loko! É longe demais"... para eles, não para quem já namorou uma mulher que more praqueles lados... mas enfim.

sábado, 21 de junho de 2014

Corrida 10k UNICEF Lisboa 2014

10K Unicef Sport Zone 2014

Olha só que bacana o que a Unicef Portugal tá fazendo pra arrecadar fundos para as crianças menos favorecidas. Não sei se é a minha extrema ignorância, mas a lembrança da Unicef no Brasil me remete diretamente à Rede Globo, com o seu programa Criança Esperança. Já Portugal tá mandando bem com essa iniciativa de provas de corrida. Muito justo e por uma boa causa. É a segunda vez que os Portugueses vão realizar esse evento (Rolou também em 2013), que é composta por dois tipos de percurso: 10 km de corrida e 3 km de caminhada. A prova será no dia 6 de Julho, a partir das 9:00 da manhã, em Lisboa.
Início da corrida 10 km: 9h30 | Zona de Entrecampos (termina na Praça dos Restauradores)
Início da caminhada 3 km: 9h30 | Zona da Praça dos Restauradores (termina no mesmo local) 
Em Portugal, ao contrário da corrida das estações no Brasil, quem larga antes é quem faz o percurso com a maior distância. Certíssimo! Só acho que 9:00 é um pouco tarde, não? Se não houver lá um sol daqueles como tem no Brasil, blz...
A prova mais similar por aqui é a GRAAC, que arrecada fundo para as crianças com câncer. Acho que este modelo de negócio/corrida poderia ser muito mais divulgado, pois assim o lucro obtido com as provas podem ir para pessoas que necessitam realmente de ajuda, como as crianças que recebem a ajuda destas instituições. Ao contrário de muitas outras corridas que apenas revertem uma pequena percentagem para instituições de solidariedade, a 10k UNICEF tem como objetivo angariar donativos 100% para a UNICEF. O valor dos ingressos vai na integra para a UNICEF.

Quem? Evento aberto a participantes de ambos os sexos, profissionais e amadores, nos escalões Juniores, Seniores e Veteranos (corrida de 10 km destinada a atletas federados e não  federados nascidos em 1996 e anos anteriores; caminhada de 3 km destinada a todas as  classes etárias e sem fins competitivos) 
Inscrições: Os participantes podem inscrever-se na Bilheteira Online e nas instalações da UNICEF Portugal

Qual é a boa desse evento? Chamar a atenção para a causa das crianças mais desfavorecidas do mundo e angariar fundos para os programas da UNICEF no terreno é o principal objectivo da Corrida 10
K  UNICEF 2014 em Portugal. E é também uma oportunidade para promover o esporte o convívio, num evento dirigido a participantes de todas as idades.
Ao ritmo de cada um, o desafio é correr ou andar com a UNICEF pelas crianças.  Os fundos angariados através deste evento serão canalizados para os programas da UNICEF em Portugal, onde estes forem mais necessários.

PARCEIRO INSTITUCIONAL: Comité Olímpico de Portugal 
PATROCINADOR PRINCIPAL: Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
PATROCINADORES: Sport Zone; Puma; Solinca; AIG; OLX; P&G
MEDIA PARTNERS: A Bola; RFM; RTP Informação; RTP2
ORGANIZAÇÃO: Up Partner; Leading the Future; Associação de Atletismo de Lisboa; Correr Lisboa; Secret Run; Fun
Addict; Correr na Cidade
Taí uma sugestão para as entidades Brasileiras seguirem, né?

Consegui um vídeo sobre a edição de 2013, que você pode ver logo abaixo: